Organizativa – Blog

Negócios me desafiam, pessoas me encantam e histórias me inspiram!

Criar um novo negócio ou investir em uma franquia?

A cada ano crescem os índices de abertura de novos negócios. A partir de uma boa ideia ou estimulados pelo desejo de liberdade financeira, muitas pessoas encontram no empreendedorismo um meio para alcançar sua realização profissional. E, ao analisar as oportunidades do mercado, surge a dúvida: qual o modelo mais adequado, um negócio próprio ou uma franquia? É certo que os dois têm vantagens e desvantagens.

Na franquia, o modelo é padronizado. O franqueador, que na maioria das vezes é o responsável por sua criação, disponibiliza treinamentos e apresenta o método de trabalho para o interessado na compra, o franqueado. Por ter experiência de mercado e também como argumento de venda, o franqueador costuma disponibilizar estudos e informações relevantes sobre a empresa, seus principais diferenciais, bem como o tempo de retorno do investimento.

Já a abertura de um negócio próprio é a oportunidade de criar algo único, sem seguir regras estabelecidas, como acontece na franquia. Tem mais flexibilidade para identificar a melhor forma de trabalho, bem como os produtos e serviços que serão oferecidos. Não será preciso desembolsar um valor alto para adquirir o direito de utilizar esta ou aquela marca, pelo contrário, terá liberdade para criar sua própria identidade. No entanto, vai precisar investir recursos em pesquisa, estudo de mercado e na construção de um plano de negócios, o que lhe dará mais segurança para avaliar a sua viabilidade.

Em alguns segmentos o processo de formatação de uma franquia envolve rotinas e tecnologias que exigem um alto investimento, o que pode inviabilizar o seu desenvolvimento. Assim, buscar por um modelo existente torna-se a melhor opção. Em outros casos, o modelo é simples e não justifica a compra de um sistema pronto, já que pode ser facilmente adaptado a um novo negócio, com a vantagem de adequar-se às características da região em que está localizado.

Tanto a abertura de uma franquia como a criação de um negócio próprio trazem grandes desafios. Para escolher é preciso analisar aspectos importantes, como: qual modelo você mais se identifica, seu objetivo principal é criar algo novo e diferente ou esse fator não importa tanto, desde que tenha um resultado financeiro satisfatório. E claro, considerar também o valor inicial que você é capaz de investir.

Independente da escolha, é o planejamento que vai contribuir com o sucesso do seu negócio. Buscar a orientação de profissionais que tenham conhecimento no assunto e que possam lhe aconselhar corretamente evitará que decisões sejam tomadas com base na empolgação, gerando arrependimento, perda de tempo e de dinheiro.

Aline Agatti – CRA RS-050836/O
Organizativa Consultoria Empresarial
aline.agatti@gmail.com
http://metodogenial.online/

Jornal O Garibaldense (Garibaldi/RS) – setembro/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo