Organizativa – Blog

Negócios me desafiam, pessoas me encantam e histórias me inspiram!

Você é comprometido(a) com as suas promessas?

Os últimos meses do ano costumam ser intensos. Além da agenda com mais compromissos, surgem questionamentos sobre as atividades que precisam ser realizadas, assim como as promessas que foram feitas e que, por um motivo ou outro, ainda não foram cumpridas. É surpreendente como a história se repete, às vezes, até com os mesmos personagens.

 “A não ser que o compromisso seja feito, existem apenas intenções e esperanças, mas não planos”. A frase de Peter Drucker ganha mais sentido ao compararmos com um dos significados da palavra promessa: o compromisso de fazer alguma coisa, de estar comprometido. Quer dizer que as mudanças serão percebidas somente quando houver disposição (intenção + ação) para buscar os recursos e competências que ajudarão a realizar os seus desejos.

Se não souber o que fazer, estude, busque ajuda. Se falhar, tente de novo. E de novo. Procure entender o que deu errado, o que pode ser melhorado. Mude a estratégia, mas não desista do objetivo. Esta é a diferença entre estar interessado e ser comprometido. Se você só tem interesse, você faz quando é fácil, conveniente. Se você se compromete, você age, insiste, busca meios para alcançar o resultado desejado. E você não só realiza o seu objetivo, como percebe que superou as próprias expectativas e que pode fazer muito mais.

A decisão de comprometer-se, de definir metas e planejar a sua execução não precisa acontecer somente no período de final ou início de ano. Sempre é tempo de mudar, de evoluir e de comprometer-se com o objetivo que se deseja atingir. Claro que você não conseguirá realizar em dois meses o que tinha projetado para doze meses. Mas se você começar, já estará dando um importante passo.

Se você quer fazer uma viagem em família, por exemplo, precisa levantar informações importantes, como o período de férias, um local que agrade a todos e os valores envolvidos. Você tem a opção de contratar uma agência de viagens, o que pode aumentar um pouco o investimento necessário, porém vai facilitar o seu trabalho. São variáveis que precisam ser analisadas para que você consiga fazer escolhas e se aproxime cada vez mais da realização do seu desejo.

Nem sempre é fácil, mas é possível. As dificuldades e renúncias serão parte do caminho e vão lhe ensinar muito sobre persistência e disciplina. Definir com clareza os seus planos e detalhá-los de forma que possa acompanhar a sua execução, serão facilitadores do processo. E quando chegar o ano novo, você terá construído uma realidade mais próspera e perceberá que seus esforços foram recompensados.

Aline Agatti – CRA RS-050836/O
Organizativa Consultoria Empresarial
aline.agatti@gmail.com
http://metodogenial.online/

Jornal O Garibaldense (Garibaldi/RS) – outubro/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo