Organizativa – Blog

Negócios me desafiam, pessoas me encantam e histórias me inspiram!

É mesmo uma questão de sorte?

Iniciamos um novo ano, um período cheio de expectativas e desejos de ter hábitos mais saudáveis, de começar a construir aquele grande sonho e até mesmo, de ajustar o que não deu tão certo em 2018. Ao fazer uma retrospectiva ou observar as pessoas próximas, é comum atribuir alguns resultados à sorte ou ao azar. Somos influenciados de diferentes formas pelo ambiente em que vivemos, no entanto, me parece arriscado responsabilizar este ou aquele resultado ao acaso.

A frase “quanto mais eu treino, mais sorte eu tenho” vem do meio esportivo, mas aplica-se em todas as áreas. Quando você define um objetivo, é preciso planejar, empenhar-se e trabalhar duro, com a mesma disciplina dos atletas de alto nível. Não adianta esperar por esta ou aquela mudança, você precisa ser a mudança. Mario Sergio Cortella, em seu livro “A sorte segue a coragem” (2018) diz que não se pode atribuir o sucesso ou o fracasso a forças externas, reforçando a importância do estudo, da preparação e do trabalho. E conclui: “a sorte segue a coragem, desde que a coragem seja competente”.

Em algumas situações, acreditamos que não somos capazes, que não temos as habilidades exigidas. É comum sentir-se inseguro, ainda mais quando precisamos fazer algo novo, desde que esta insegurança não seja motivo para desistir ou deixar de tentar. Temos inúmeros exemplos de homens e mulheres que arriscaram e falharam, mas nem por isso desistiram.

Tentaram novamente, com mais empenho, pelo número de vezes que foi necessário, até conquistarem seus objetivos. Thomas Edison, o lendário inventor americano é uma grande referência, já que viveu em uma época onde os recursos disponíveis eram muito inferiores e ainda hoje é lembrado mundialmente por suas grandes contribuições. Entre seus ensinamentos, ele dizia que “boa sorte é o que acontece quando a oportunidade encontra o planejamento”.

Na verdade, não é apenas uma questão de sorte ou azar. Somos os únicos responsáveis por criar um ano novo de boas oportunidades e o resultado será proporcional ao grau de comprometimento com os nossos objetivos. Um ciclo novo, de fato, começa dentro de cada um, independente da data. A decisão é sua! O ano novo começa quando você permitir.

Aline Agatti – CRA RS-050836/O
Organizativa Consultoria Empresarial
aline.agatti@gmail.com
http://metodogenial.online/

Jornal O Garibaldense (Garibaldi/RS) – janeiro/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo